4 NRs mais importantes em Manutenção Industrial

Por Arienne Rocatto - 05/07/2018 14:42:54

NR 11

A NR 11 se destina a todas atividades que envolvam transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais, ela estabelece os requisitos mínimos de segurança para operação dos equipamentos: elevadores, guindastes, transportadores industriais e máquinas transportadoras.

A NR capacita o trabalhador para manusear os equipamentos de transporte, entretanto, cada equipamento exige um treinamento, para que o profissional conheça e aprenda as especificidades do equipamento em questão. Esse treinamento é o que capacita para funções, como: operador de empilhadeira, operador de ponte rolante e operador de Munk.

NR 18

Operador de plataforma de trabalho aéreo

A NR 18 indica uma série de diretrizes quanto a administração, planejamento e segurança nas condições de trabalho na área indústria e construção. Essas normas servem para garantir melhores condições de trabalho e medidas de controle e sistemas preventivos de segurança na atividade.

O treinamento da NR serve para preparar ensinar o funcionário a como operar ou montar as plataformas para trabalho aéreo, de maneira adequada e que garanta os procedimentos de segurança necessários.

NR 33

Trabalho em espaço confinado Trabalhadores autorizados e vigias

A NR se destina a todos os trabalhadores que farão atividades em um espaço confinado, tanto para trabalhadores autorizados e vigias quanto para supervisores de entrada. O treinamento dessa NR ensina ao trabalhador como realizar sua função com segurança, treinar a adaptação neste tipo de ambiente e como usar os EPIs corretamente.

A norma tem como definição que espaço confinado é qualquer área ou ambiente não projetado para ocupação humana contínua, que possua meios limitados de entrada e saída, cuja ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes ou onde possa existir a deficiência ou enriquecimento de oxigênio. Alguns exemplos são: tubulações, galerias de rede de esgoto subterrâneas, fossos, reatores, etc.

NR 35

Trabalho em altura Esta norma estabelece os requisitos mínimos de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização, análise de risco e a execução. O trabalho executado acima de 2 metros de altura onda haja risco de queda entra na categorização.

O treinamento dessa NR ensina o funcionário a como utilizar corretamente os EPIs e a como realizar atividades nessas condições sem comprometer a segurança. Todos que realizem alguma atividade nessas condições devem realizar o treinamento, tanto operadores quanto supervisores que possam realizar de forma esporádica.

Treinamento exige prática É por isso que Ágil proporciona ambientes que colocam em prática toda a parte de teoria que ensinamos, assim como fazemos treinamento in company , colocando a prática direto no dia a dia dos funcionários, isso sem comprometer a produção.

Quer saber mais sobre como cumprir as NRs e quais são os treinamentos exigidos em cada função? Basta clicar aqui e enviar sua mensagem para gente.

Veja também

5 benefícios dos cursos de segurança do trabalho para as empresas

Aplicar as práticas de segurança no trabalho são fundamentais, já comentamos em outros artigos a sua importância, porém sua aplicação traz benefícios que vão além de proporcionar um ambiente seguro.

Leia Mais

Como aumentar a produtividade e qualidade dos serviços

As máquinas podem ajudar a fazer grandes produções, mas são as pessoas que tornam esse processo possível, e que levarão sua empresa a ir para o próximo nível de excelência. Confira algumas dicas de como fazer a produtividade da sua empresa decolar.

Leia Mais

O que é o eSocial e como impacta a segurança e saúde do trabalho?

O eSocial é uma nova medida do Goveno Federal e afeta bastante a rotina do profissional da área de segurança e saúde do trabalho. Nesse artigo vamos te contar tudo o que você precisa para ficar por dentro desse assunto.

Leia Mais

Como diminuir custos com a saúde ocupacional

Saúde Ocupacional nada mais é do que um setor específico que lida com a saúde voltada para o trabalhador. Há quem pense que sua atividade é apenas realizar os exames para admissão e demissão do funcionário, mas sua ação vai muito além disso.

Leia Mais